Criar um Blog-Sexy
Meu Blog-Sexy
Denunciar
Próximo Blog

Mulher acusa taxista de tentativa de estupro no Rio

Postado em 28/11/2014 em 12:27 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Uma carioca acusa um taxista de tentativa de estupro durante uma corrida no Rio de Janeiro. Segundo a jovem de 28 anos, que preferiu não se identificar, ela pegou o táxi na saída de uma festa, no último final de semana, para fazer o trajeto entre a Zona Sul e a Zona Norte do Rio. Cansada, a mulher sentiu-se segura para dormir no banco traseiro durante a viagem, que deveria levar cerca de 20 minutos. Mas seu sono foi interrompido: ao abrir os olhos, o motorista estava em cima dela, acariciando seu corpo.

O caso foi compartilhado no Facebook e ganhou repercussão durante a semana. Mais de dez mil pessoas compartilharam e comentaram a foto que a vítima fez, mostrando a placa do táxi. Mas, segundo ela, após receber inúmeras ameaças e comentários que considerou preconceituosos, decidiu apagar a imagem.

— Decidi tirar para me preservar. Foram muitos comentários, pessoas duvidando da história, dizendo que deveria ser coisa de mulher traída, uma vingança. O pior é que os comentários vieram de homens e mulheres, por preconceito. Estava me fazendo mal. O que pretendia com essa exposição era alertar as pessoas. Também apaguei a foto porque tive medo de que identificassem a placa e fizessem algo com o motorista. Quero que ele pague de acordo com a lei, não que seja linchado — afirmou.

De acordo com a mulher, ela saiu de uma boate de Copacabana com amigos e pegou um táxi que se encontrava em frente ao local. Como era a única moradora da Zona Norte, entrou no carro sozinha. Quando acordou, no meio do caminho, estava em uma rua da Lapa, no centro do Rio, fora do percurso usual. O motorista a teria beijado na boca e no pescoço, mas se esquivou rapidamente ao perceber que ela acordou.

— Pego táxi com muita frequência, sempre na rua. Falei para onde eu ia e apaguei. Eram 7 horas da manhã, estava cansada. Aí deitei no banco e quando eu acordei, levantei e o taxista estava em cima de mim. Ele pulou muito rápido para o banco da frente. Fiquei dura, sem reação. Ele ligou o carro e continou andando. Ele estava me beijando, passando a mão em mim. Quando acordei, a corrida já estava em R$ 74. Por aí, dá para imaginar o tempo que já devíamos estar parados - disse. A corrida entre os bairros de Copacabana e da Tijuca, na bandeira 2 (aplicada aos domingos), custa cerca de R$40.

Em estado de choque, ela não teve reação e permaneceu dentro do carro, usando o celular para tentar se comunicar com os amigos sobre o que estava acontecendo.

— Mandei WhatsApp para os meus amigos dizendo o que tinha acontecido, tentei ligar, mas àquela hora, ninguém me atendeu. Pedi para ele me deixar em um posto de gasolina, para não saber onde eu morava, porque era um campo neutro. Foi quando tive a ideia de fazer a foto. Quando desci, disse que não ia pagar, que percebi o que ele tinha feito. Perguntei por que ele tinha feito aquilo e ele falou que não conseguia me acordar. Ele apenas colocou a mão no rosto, falando “eu errei, eu errei”. Ele me pareceu uma pessoa doente — relatou.

Ao buscar ajuda na loja de conveniência do posto, foi encorajada pelos funcionários a registrar o caso na delegacia. Ela procurou a 20ª DP, em Vila Isabel, na Zona Norte, onde o caso foi registrado como tentativa de estupro.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi transferido para a 5ª DP, na Lapa, onde o crime teria ocorrido. A vítima prestou depoimento na última terça-feira. O taxista já foi identificado e ouvido nesta sexta-feira, mas por não ter sido pego em flagrante, foi liberado em seguida. As investigações ainda estão em andamento. No site da Prefeitura do Rio, consta uma multa por excesso de velocidade na placa indicada pela mulher como sendo do táxi. A infração teria ocorrido minutos depois de a vítima ter descido do carro.

— Quero denunciar o caso para que ninguém mais passe pelo que eu passei. Com certeza, ele já deve ter feito isso outras vezes. Estou bem porque sei que fui vitoriosa. Poderia ter sido muito pior.
 


Jovem relata estupro após discussão política na Zona Sul do Rio

Postado em 28/11/2014 em 12:23 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Na madrugada do último sábado, X., de 17 anos, caminhava na Rua São Clemente, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, quando uma cena lhe chamou atenção: uma mulher discutia com três homens por causa das eleições. Para defendê-la dos insultos, X. se aproximou. Sem sucesso em apaziguar os ânimos, ela seguiu em direção a um ponto de ônibus. Minutos depois, foi abordada pelos mesmos homens, que a agrediram e violentaram sexualmente no local.

O relato foi compartilhado pela jovem no Facebook e já tem mais de 1.440 compartilhamentos. No desabafo, ela conta ter decidido falar para que o caso se torne uma “causa coletiva”.

“Não ia me pronunciar por aqui, pois achava que era muita exposição, e de fato é. Mas o caso se agravou, e deixou de ser "meramente pessoal" para ser uma causa coletiva, que envolve uma luta contra o machismo, racismo e xenofobia”.

Após a abordagem, os homens teriam xingado e jogado a jovem contra a parede. Depois, rasgaram as notas de dinheiro que ela levava na bolsa e tentaram fazer com que ela as engolisse. Em seguida, agrediram-na sexualmente. O ataque teria ocorrido no ponto entre as ruas Sorocaba e Dona Mariana, por volta das 3h40m.

Na última segunda-feira, ela registrou ocorrência na Delegacia Especial e Atendimento à Mulher (Deam) no Centro. No relato, X. conta ter encontrado outra vítima de um dos homens que a agrediu.

"Por sorte, quando estava no IML (Instituto Médico-Legal), meu companheiro, enquanto eu estava fazendo os exames, abordou duas mulheres que estavam na Deam (Delegacia da Mulher) no mesmo tempo que nós, e percebeu que a descrição dos caras era a mesma".

A delegada Teresa Pezza informou que o caso foi registrado como estupro e que a polícia trabalha no momento para ter acesso às imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos no entorno do local onde ocorreu a agressão.

— Desde ontem, estamos na rua para conseguir câmeras de segurança do local. Hoje, os policiais vão distribuir ofícios solicitando essas imagens para os estabelecimentos. Ficamos preocupados porque geralmente essas imagens não ficam gravadas, apenas filmam e apagam em seguida.

A delegada confirmou ainda a informação de que outra mulher teria sido atacada em Santa Teresa, na mesma noite, por um homem com as mesmas características que um dos agressores de X. Ele teria os cabelhos grisalhos e cerca de 45 anos. No relato, a jovem afirma que os outros dois agressores teriam cerca de vinte e poucos anos e porte atlético. O retrato falado dos suspeitos seria feito nesta quinta-feira, na Cidade da Polícia, no centro do Rio.

Pezza ressaltou ainda que qualquer ato libidinoso com violência e grave ameaça constitui crime de estupro. A pena varia de seis a dez anos, neste caso.
 


Irã enforca mulher condenada por assassinar suposto estuprador

Postado em 28/11/2014 em 12:14 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Uma iraniana de 26 anos condenada por ter matado um homem que tentou estuprá-la, quando ela era uma adolescente, foi enforcada neste sábado, informou a agência de notícias oficial IRNA, apesar dos apelos internacionais para que sua vida fosse poupada. Reyhaneh Jabbari foi levada até a forca no amanhecer deste sábado, na prisão Evin, de Teerã, após não conseguir perdão dos parentes da vítima antes dos dez dias de prazo estabelecidos pela sharia, que é a lei do país deste a Revolução Islâmica de 1979. A pena de morte foi condenada internacionalmente e fez o governo do presidente Reyhaneh Jabbari, que foi eleito no ano passado com promessas de uma reforma liberal, intervir para que ela fosse comutada. O ministro da Justiça, Mostafa Pour-Mohammadi, afirmou no começo de outubro que um "bom final" estava sendo desenhado, mas informações da imprensa mostraram que a família do homem morto não foi persuadida a aprovar tolerância para Jabbari. Jabbari foi condenada à morte de acordo com a lei "olho por olho, dente por dente", depois de ser considerada culpada por matar a facadas o homem em 2007. Ela alegou legítima defesa, mas não convenceu os juízes de várias instâncias de apelação, e foi mantida na prisão. A última chance de leniência estava com o supremo-líder, o aiatolá Ali Khamenei, cujos poderes transcendem o dos mandatos do Estado, mas ele nunca mencionou o caso e raramente interfere em decisões judiciais. Imediatamente após a execução, a promotoria-pública de Teerã emitiu um comunicado que aparentemente tinha o objetivo de combater a simpatia a Jabbari. "Jabbari repetidamente confessou o assassinato premeditado, e depois tentou desviar o caso do seu caminho alegando estupro", afirmou o comunicado transmitido pela IRNA.
 


Atriz pornô quebra as pernas após pular de prédio para fugir de estupradores

Postado em 28/11/2014 em 12:07 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

 

Um atriz pornô russa quebrou as duas pernas após pular do terceiro andar de um prédio para fugir de dois estupradores, em Yasenovo, Moscou, no último sábado. Lyubov Bushuyeva, conhecida pelo nome artístico de Lola Taylor, de 22 anos, tinha sido convidada até o local pelos dois rapazes com a falsa proposta de participação em um novo filme erótico. Ela, no entanto, foi algemada, agredida e estuprada por horas. Assustada, ela decidiu pular do apartamento para se salvar. As informações são do Daily Mail.

Bushuyeva foi socorrida por um vizinho, Blasius Vinogradov, de 54 anos, que passeava pela rua com o cachorro, e a viu saltando. “Eu estava distraído quando essa moça loura com as roupas rasgadas e sangrando na boca caiu no chão. Ela estava inconsciente e estava claro que suas pernas estavam quebradas. Eu não sabia o que estava acontecendo, mas sabia que não era algo bom e imediatamente liguei para a polícia e o serviço de emergência”, contou ele a uma rede de televisão local.

Bushuyeva, que é ex-bibliotecária, foi levada para um hospital da região, onde está internada e passa bem. “Ela estava mal e foi estuprada por muitas horas antes da queda”, contou um porta-voz da polícia. Logo após o crime, os dois estupradores foram identificados e presos. Eles são Dmitry Kosenkov, de 30 anos, e Maksim Pilipenko, de 33. Se condenados, eles podem ficar presos por mais de 30 anos. “Eles tentaram negar o crime, mas encontramos evidências no apartamento. Eles tentaram limpar o sangue, mas não tinham jogado fora as roupas rasgadas da jovem”, acrescentou o policial.
 


Homem tortura e mata vizinho que estuprou e engravidou sua filha, na Índia

Postado em 28/11/2014 em 12:03 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Um homem em busca de vingança pelo estupro da filha convidou o responsável pelo crime para jantar e, em seguida, torturou e matou o estuprador. Segundo informações do Indian Express, o caso aconteceu na região nordeste de Delhi, em Khajuri Khas, no último sábado.

O pai estaria planejando a vingança há pouco mais de uma semana, quando descobriu que a filha de 14 anos estava grávida em consequência do abuso, que teria acontecido há cerca de 2 meses. Ele não teria procurado a polícia com medo de que amigos e familiares cumpassem a moça pelo crime. "Ela começou a reclamar de enjoos e tontura então a levamos ao médico e descobrimos que ela estava grávida. Ficamos chocados", disse a mãe da jovem.

As famílias moravam no mesmo prédio e, segundo documentos policiais, o pai teria convidado o estuprador para jantar em sua casa para saber por que ele havia estuprado a moça. Mas, segundo ele, ao invés de se sentir culpado, o criminoso começou a ficar agressivo e xingar.

"Após a refeição, ele dominou o homem e o amarrou à cadeira, queimou as genitálias dele com pinças aquecidas e o estrangulou até a morte. Ele foi até a polícia e se entregou em seguida", descreveu um policial ao Indian Express. Em depoimento, o pai disse que não tinha a intenção de matar o vizinho.

"Queimei as genitálias dele uma vez e ele gritou. Queimei de novo e ele estremeceu. Quando queimei pela terceira vez, ele não se moveu. Estava morto. Eu não queria matá-lo", disse o pai sobre o assassinato do vizinho, que era casado e, de vez em quando, cuidava dos seis filhos dele, sendo quatro deles meninas.

Após confessar o crime, o pai está preso.
 


Nova bebida que funciona como Viagra chega ao mercado

Postado em 23/11/2014 em 11:45 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Bebida Mello, que funciona com características semelhantes às do Viagra, é lançada e chega ao mercado por todo mundo.

Uma nova bebida com característica s de Viagra é lançada e promete adentrar geladeiras em todo o mundo.

A novidade está no mercado e afirma conseguir aumentar a libido de um homem de uma forma semelhante ao Viagra.

Mello, um suco de melancia cru, contém um composto orgânico chamado citrulina, o que desencadeia os vasos sanguíneos ao relaxamento, dilatando e melhorando a circulação.

O efeito produzido aumenta desejo íntimo muito parecido com a droga para disfunção erétil - mas sem os efeitos colaterais.

Rose Aldean, da Mello, tem recebido vários feedbacks dos clientes satisfeitos com o benefício produzido pela bebida.

Mas não é apenas a vida amorosa que o suco de melancia pode melhorar. Ele ainda traz uma infinidade de benefícios para a saúde e fitness, sendo ótimo após treinos em academias.

Ele hidrata, acelera o metabolismo, desintoxica e é rico em potássio. Seu composto ainda ajuda na recuperação muscular.

Além disso, como ele é repleto de vitamina A, C e antioxidantes, promove a pele saudável, brilhante, estimulando o sistema imunológico e proporcionando um impulso energético para combater a fadiga.
 


Mulher rouba farmácia distraindo funcionários ao esguichar leite materno a partir de seus seios

Postado em 23/11/2014 em 11:45 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

 

Uma mulher da Alemanha criou uma tática incomum para supostamente roubar uma farmácia na última segunda-feira. Ela invadiu o estabelecimento em em Darmstadt, Hesse, e levantou a blusa, esguichando leite materno nos funcionários.

A mulher entrou na loja para comprar uma bomba de mama, mas depois de pagar, repentinamente levantou a blusa e usou os dedos para esguichar o líquido.

Em seguida ela vasculhou a farmácia até a caixa registradora, enquanto os funcionários pediam que ela se cobrisse novamente.

Depois de ficar aparentemente satisfeita com sua ação, a mulher saiu da farmácia, deixando a bomba que havia comprado para trás.

Mulher invadiu farmácia para comprar bomba de mama e distraiu funcionários esguichando leite materno pelos seios antes de roubar 310 reais e fugir.

Os farmacêuticos só percebeu que R$ 310, depois de contarem o caixa e perceberem a falta desse valor.

A polícia acredita que a mulher, que eles descreveram como “robusta” de cabelo longo e escuro, amarrado em um rabo de cavalo, roubou o dinheiro enquanto clientes e funcionários ficaram distraídos com suas palhaçadas. Diretores do estabelecimento descreveram a ação da mulher como inacreditável.

 


Pai convence filha adotiva a assassinar a própria mãe para continuarem relação secreta

Postado em 23/11/2014 em 11:44 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Sabrina, de 17 anos, uma filha adotiva, estava tendo um caso com seu pai e ficou disposta a fazer o que fosse preciso para manter o relacionamento proibido.

Sabrina Zunich lutarou para manter o segredo da esposa de Kevin Knoefel, Lisa. O fato de viverem na mesma casa, tornava a situação ainda mais perigosa.

Lisa não tinha ideia do que estava acontecendo e não imaginava do que sua própria filha adotiva seria capaz de fazer.

Kevin e Lisa vivam em Willoughby Hills, em Ohio (EUA), e estavam casados há 6 anos. Ela era uma assistente social de crimes íntimos, enquanto o marido é um motorista de caminhão.

Pai convenceu filha adotiva Sabrina, de 17 anos, a assassinar a própria mãe de maneira brutal para continuarem relação secreta. Dupla acabou presa após a morte da vítima.

O homem era padrasto de Lisa, de 13 anos, fruto do primeiro casamento, e juntos tiveram uma filha biológica, que tinha três anos.

Em 2011 o casal adotou a adolescente problemática, Sabrina. Com Sabrina apaixonada, Kevin prometeu a ela que iria pedir o divórcio e eles ficariam juntos.

Mas ele disse a jovem que não queria perder a filha biológia em uma batalha de custódia. Lisa precisava estar fora de circulação.

Kevin falou sobre a contratação de um pistoleiro, e então disse a Sabrina que a única maneira deles ficarem juntos seria ela matar a própria mãe. O homem chegou a ameaçar se matar caso a jovem não realizasse o plano.

Os registros mostram que Kevin e Sabrina trocaram aproximadamente 1.500 mensagens de textos entre si, ao longo de 15 dias.

Nas primeiras horas do dia 16 de novembro de 2012, Kevin estava trabalhando quando Sabrina foi para o quarto de Lisa usando uma máscara em seu rosto.

Ela segurava uma faca de cozinha serrilhada em sua mão, seguindo os planos que Kevin havia ensinado. Lisa acordou com Sabrina a esfaqueando brutalmente.

A filha mais velha de Lisa correu para dentro, depois de ouvir os gritos de sua mãe, e tentou puxar Sabrina, mas não foi capaz impedi-la.

A menina de três anos de idade estava escondida no guarda-roupa de sua mãe e gritando implorando por sua vida. A filha mais velha telefonou para a polícia dizendo que a mãe iria morrer.

Quando a polícia chegou, eles encontraram Sabrina coberta de sangue, ainda segurando a faca.

Lisa, de 41 anos, foi declarada morta na cena do crime. Ela tinha 178 facadas em seu corpo.

Com Sabrina sob custódia no valor de quase 2 milhões de reais, a polícia se esforçou para entender por que a jovem mataria com tanta raiva a própria mãe. Enquanto isso, Kevin rapidamente ficou com o seguro de vida da mulher.

Ele fez aulas de voos, comprou carros e armas novas, continuando a viver na mesma casa que sua esposa havia sido assassinada.

Depois de seis meses, Sabrina fez um acordo e disse à polícia sobre seu relacionamento com Kevin, além do plano que ele tinha inventado.

Em agosto de 2013, Kevin acabou preso e acusado de agressão íntima e conspiração para cometer assassinato.

Quando foi a julgamento em junho deste ano, a prova de Sabrina contra ele selou seu destino. Ele foi considerado culpado e condenado à prisão perpétua. Kevin se recusou a falar e insistiu que iria recorrer.

Em setembro, Sabrina se declarou culpada de homicídio qualificado e, como parte de seu acordo, ela sabia que enfrentaria a vida na prisão com uma chance de liberdade condicional após 30 anos.

Ela prestou depoimento e disse que sua relação íntima com Kevin tinha começado quando ele lhe pediu uma massagem. Quando perguntada por que matou Lisa, ela disse: “Porque eu estava fazendo o que me disseram para fazer.”

O juiz Richard L. Collins disse que Sabrina merecia prisão perpétua sem condicional, mas como ajudou a esclarecer o caso, obteve o benefício.

 


Policiais prendem mulher por tráfico de drogas e encontram vídeo dela tendo relação íntima com seu cão

Postado em 23/11/2014 em 11:43 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

 

Uma mulher que foi acusada de zoofilia depois que a polícia encontrou imagens de um suposto caso íntimo dela com um cão em seu telefone móvel, voltou para a casa em Queensland (Austrália).

Jenna Louise Driscoll ainda foi acusada tráfico e posse de uma droga perigosa.

A mulher de 25 anos chegou até sua casa com um homem não identificado após ser liberada, e pode ser vista próxima ao cão com o qual teve relação íntima.

A polícia fez uma verificação no celular de Jenna após uma suspeita de tráfico de drogas e acabou descobrindo três vídeos bizarros com o animal.

Mulher foi acusada de zoofilia após polícia encontrar vídeo íntimo dela com seu cão em telefone celular durante investigação de suspeita de tráfico de drogas.

Jenna também foi acusada de posse de um item usado na prática de crime e três acusações de fornecimento de drogas.

Ela foi liberada sob o pagamento de fiança, mas terá de informar a polícia uma vez por semana onde está, além de ter que viver em um apartamento no Enoggera, a sul-oeste de Brisbane.

Jenna terá de se reapresentar no tribunal em dezembro.

 


Projeto de lei na Rússia propõe que homens que tiverem relação com prostitutas se casem com elas para evitar serem presos

Postado em 23/11/2014 em 11:42 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

 

Homens russos flagrados pagando por relação íntima poderão em breve ter a opção de ir para a prisão ou se casar com a prostituta, de acordo com uma proposta de lei a ser aprovada na cidade natal de Vladimir Putin, em São Petersburgo.

A proposta incomum, que foi apresentada por Olga Galkina, de 33 anos, do Ministério Público, visa coibir a prostituição na segunda maior cidade do país.

Olga disse: “Se for aprovada, os clientes de prostitutas terão de escolher entre pagar uma multa de aproximadamente 6 mil reais ou ir para a prisão durante 15 dias. Eles podem evitar ir para a cadeia se concordam em se casar com a prostituta.”

Lei na Rússia pode tornar prostituição crime, levando infrator a pagar multa ou ser preso, podendo escapar da pena caso aceite se casar com a prostituta com quem for pego.

Olga afirmou que seu projeto de lei foi uma resposta a uma proposta para tornar a prostituição um crime.

Atualmente, os homens que pagam por relação íntima não enfrentam sanções da legislação russa.

 


Homem é preso acusado de estuprar vizinha e filha dela de 12 anos em Salvador

Postado em 23/11/2014 em 11:42 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Acusado usou uma faca, além de violência física e psicológica

Um homem foi preso em Salvador acusado de ter abusado sexualmente de uma mulher e da filha da vítima, de 12 anos. Evandro Santos de Jesus, o “Pudim”, de 25 anos, tinha um mandado de prisão em aberto e foi detido por investigadores do GRAC (Grupo de Apreensão e Captura), do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) na rua Soldado Antônio de Souza, no bairro de Castelo Branco, onde o estuprador reside.

O acusado estuprou as vítimas em janeiro do ano passado. Com uma faca, do tipo peixeira, e usando de violência física e psicológica, como tapas e ameaças de morte, Evandro cometeu o crime na casa delas, provocando vários ferimentos nas vítimas, que não tiveram como se defender. Apesar de o homem ser vizinho delas, mãe e filha não tinham qualquer aproximação com ele.

De acordo com a titular da 2ª DH/Central (Delegacia de Homicídios), delegada Clelba Regina Teles, o criminoso já tem passagem por um assalto cometido a um taxista em outubro de 2005, em Castelo Branco, na capital baiana, próximo ao Centro Social Urbano.

O acusado foi conduzido ao DHPP, mas negou os crimes. Autuado por estupro, ele será encaminhado a Complexo Penitenciário da Mata Escura.

 


Ereção com ‘vi.agra verde’ dura mais do que com a ‘pílula azul’

Postado em 23/11/2014 em 11:41 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Cientistas pesquisavam cura para Mal de Chagas, mas acharam novo remédio para impotência

Novo remédio contra impotência sexual, 50% mais ‘poderoso’ do que o Viagra, pode estar disponível no país em breve. Pesquisadores da Universidade de Franca (Unifran), no interior de São Paulo, descobriram que uma pimenta da Indonésia foi capaz de provocar ereção em camundongos de laboratório. Além de mais eficaz, o ‘****** verde’ teria menos efeitos colaterais do que a ‘pílula azul’ e outros medicamentos já disponíveis.

A molécula responsável pela ereção nas cobaias foi retirada da planta Piper cubeba, também conhecida como pimenta-de-java. De acordo com o coordenador da pesquisa, o farmacêutico Márcio Luís Andrade e Silva, o objetivo inicial do estudo, que começou em 1998, era combater o parasita causador da Doença de Chagas.

Mas, no meio do processo, os cientistas notaram que a molécula base — de onde sairiam as moléculas para combater o Chagas — causaram ereção num camundongo.

Márcio Luís afirma ainda que testou as conhecidas ‘pílulas azuis’ nas cobaias e notou que a substância retirada da planta apresentou melhores resultados: “Nossa molécula é mais eficaz que o Viagra, proporcionando um tempo de ereção maior”.

A meta é que, em quatro anos, um novo fármaco feito com a pimenta esteja disponível no Brasil. Segundo o pesquisador, já há negociação com uma empresa (o nome não pode ser revelado), mas antes de chegar às prateleiras serão necessários outros passos, incluindo testes clínicos em humanos. “Se depender dos últimos resultados, teremos muitas coisas boas no futuro”, antecipa.

O especialista disse ter verificado, após análise do corpo cavernoso dos animais (estrutura do interior do pênis), que este enche-se mais de sangue com o ‘****** verde’ do que com o medicamento já existente. “Isso significa uma ereção mais completa. Outro ponto relevante é o estímulo da ejaculação, o que não ocorre com o Viagra”, explicou o cientista.

Ainda segundo o farmacêutico, em vez de aumentar a frequência cardíaca — como ocorre com usuários do Viagra —, a molécula natural reduz batimentos. Além disso, não foram constatadas ocorrências de vermelhidão, ansiedade e hiperatividade, também presentes no uso do remédio.

Descoberta inovadora

A molécula que combate a disfunção erétil inibe a enzima fosfodiesteraze tipo 5, o que favorece a ereção, mecanismo semelhante ao de drogas já existentes no mercado. Marcio Luís lembra que a ação é reversível e que o pênis dos camundongos voltaram ao estado normal na pesquisa. Em 2004, o efeito foi observado pela primeira vez.

Cinco anos mais tarde, a equipe da Unifran voltou a estudar o assunto e confirmou o efeito da molécula na ereção. Este ano, diz o pesquisador, foi depositada a patente nos Estados Unidos, Europa, Japão e no Brasil. “A descoberta foi considerada de extrema inovação”.

A planta é nativa da Indonésia e usada na culinária também na Índia. Mas o farmacêutico alerta que não adianta ingeri-la esperando efeito ‘afrodisíaco’: o estudo foi feito com uma molécula isolada.

Sobre a pesquisa relacionada à Doença de Chagas, Márcio Luís conta que conseguiu desenvolver uma molécula que trata a doença, sem ser tóxica. “Se tivéssemos o medicamento pronto, poderíamos reduzir ou acabar com a doença. Aguardo financiamento”.

 


Mulher é sequestrada em estacionamento de shopping e estuprada em Salvador

Postado em 23/11/2014 em 11:40 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Vítima foi roubada e abandonada em um matagal

Uma mulher, que estava sozinha, foi sequestrada no estacionamento de um shopping no bairro de São Cristóvão, na capital baiana. A vítima, que teve a identidade preservada pela policia, é do Estado de Pernambuco e estava na Bahia comprando roupas para revender. De passagem por Salvador, a mulher teria ido ao shopping para comprar uma calça, quando foi levada pelos sequestradores.

Além de ter sido sequestrada, a vítima também foi roubada e violentada sexualmente pelos dois homens que a abordaram no estacionamento. Depois do estupro, ela foi deixada em um matagal. A polícia já tem a foto de um dos bandidos, tirada através de uma câmera de segurança do local.

O crime é investigado pelos agentes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de veículos. A polícia não deu muitos detalhes sobre o caso, mas informou que vai tentar localizar os criminosos por meio dos quatro celulares da vítima, que foram roubados.

 


Mulher ajuda pedófilo a abusar de crianças menores de 11 anos em troca de sapatos e joias

Postado em 23/11/2014 em 11:39 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Uma mãe ajudou um pedófilo que ela conheceu na internet a abusar de crianças em troca de sapatos e joias.

Michael Cropton, de 42 anos, conheceu a mulher, que não pode ser nomeada por razões legais, em um site de encontros pela internet, e a convenceu a ajudá-lo abusar de duas meninas.

Ele bombardeou a mulher de 39 anos de idade com milhares de mensagens de texto até pedir-lhe para ajudá-lo a abusar das meninas.

Em uma das respostas, a mulher perguntou: “Se eu disser que sim, eu recebo meu anel e os meus sapatos?”

Pedófilo fez contato com mulher, que é mãe, e a convenceu a ajuda-lo a abusar de duas crianças menores de 11 anos, lhe dando sapatos e joias em troca.

Cropton, de Stonehouse, Glos (Reino Unido), foi preso por 20 anos depois que se declarou culpado de conspiração para abusar intimamente de duas meninas.

As crianças, ambas com menos de 11 anos, disseram aos oficiais da polícia que o “homem doente” havia tocado suas partes íntimas e as beijado.

Cropton também admitiu quatro acusações de estupro, relativas a uma vítima com idade inferior a 17 anos.

A mulher envolvida se declarou culpada de conspiração para abusar intimamente das meninas e recebeu pena de dois anos e oito meses atrás das grades.

 


Professora tatua nome de aluna com quem teve caso sexual

Postado em 23/11/2014 em 11:38 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

 

Uma professora de ensino médio em Durham (Carolina do Norte, EUA) foi presa sob acusação de ter um relacionamento sexual com uma aluna menor de idade. De acordo com a investigação, Michelle Smith White, de 37 anos, chegou a tatuar as iniciais do nome da estudante.

O "News & Observer" informou que trocas de mensagens entre Michelle e a aluna indicam que as duas e o marido da professora tenham feito sexo a três.

Segundo a emissora WRAL, Michelle, que é professora de dança, e a aluna se conheceram em 2012 na Charles E. Jordan High School, quando a estudante tinha 15 anos. Em abril deste ano, os pais da menor pediram que a professora deixasse de se comunicar com a filha deles. No mesmo mês, a professora decidiu pedir demissão do colégio. Depois, acabou denunciada.

A investigação policial aponta que Michelle já havia sido advertida duas vezes por causa de "comportamento inapropriado" com alunos.

 


Reality show Chegou Honey Boo Boo é cancelado após suposto namoro de protagonista com pedófilo

Postado em 23/11/2014 em 11:37 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Mama June teria reatado romance com homem que abusou de criança da família

De acordo com o site TMZ, em nota publicada nesta sexta-feira (24), o canal TLC cancelou o reality show Chegou Honey Boo Boo. O motivo foi a polêmica sobre o suposto romance de Mama June, mãe da garotinha Honey Boo Boo, com um homem preso por pedofilia.

O site afirma que Mama June reatou o romance com Mark McDaniel, um ex-namorado preso há dez anos por abusar de uma criança de 8 anos da família de June.

Embora o TLC tenha uma temporada completa pronta de Chegou Honey Boo Boo, diante dessa polêmica optou por não exibí-la.

— O TLC está comprometido com o bem estar e a segurança das crianças.

Entretanto, June nega a história. Embora ela realmente tenha namorado com McDaniel antes dele ser preso, a mãe de Honey Boo Boo garantiu no Facebook que não recomeçaria o romance.

— Isso não é verdade, eu prometo. Meus filhos são prioridade e eu nunca os colocaria em perigo, eles são minha vida. Isso é meu passado, eu o deixei há dez anos por causa disso e não voltaria.


 


Homem estuprou e voltou para matar adolescente que ficou grávida

Postado em 23/11/2014 em 11:35 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Ele chegou a ser preso, mas está foragido desde 2013, quando fugiu da penitenciária Odenir Guimarães, em Goiânia (GO)

Greilamar Marques de Oliveira é acusado de estuprar e matar a enteada, Lays Kamila, que tinha 15 anos e estava grávida de 5 meses do autor do assassinato. O crime aconteceu na residência da vítima, em São Luis de Montes Belos.

De acordo com a reportagem ele teria desferido oito facadas no pescoço da adolescente.

Ele a matou com vários golpes de faca no peito e no pescoço. Ele estava preso na cidade de Goiânia e, ao sair, foi para São Luís de Montes Belos, onde teve um relacionamento amoroso com a mãe de Lays por um longo tempo e passou a abusar da filha.

A mãe da vítima desconfiou que o seu companheiro estivesse abusando sexualmente de sua filha. Ao saber que a jovem teria ficado grávida do rapaz, resolveu denunciá-lo. O homem fugiu da cidade, mas avisou que voltaria para um acerto de contas.

Consta dos autos que o suspeito teria desferido oito facadas no pescoço da adolescente. Após o cometer o crime, Greilamar teria fugido, e somente foi preso após perseguição policial. O suspeito está foragido desde 2013, quando fugiu da penitenciária Odenir Guimarães, em Goiânia, onde cumpria pena de 5 anos de prisão.

 


Mãe filma companheiro estuprando filha de oito anos para entregá-lo à polícia

Postado em 23/11/2014 em 11:35 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Suspeito alega que era seduzido pela enteada

 Um homem suspeito de abusar da enteada de oito anos foi agredido por vizinhos e acabou preso em Contagem, na Grande BH. Um dos estupros foi filmado pela mulher do suspeito, que é mãe da criança para servir como prova do crime.

Em depoimento à polícia, a vítima disse que era abusada pelo padrasto havia cinco anos. A garota também relatou que não contava o que ocorria para a mãe já que o homem ameaçava não dar balas e cachorro-quente a ela. Alexandre Apolônio, de 51 anos, tentou se justificar, dizendo que a menina o seduzia.

— Fica querendo me dar beijo e a mãe dela xingava. Eu não tenho culpa.

 A mãe da criança, Geralda Margaria de Souza, que registrou os dois nus em uma cama e entregou o vídeo à polícia, está revoltada.

— Eu quero Justiça. Até agora não estou acreditando.

Vizinhos ficaram sabendo dos abusos e bateram no homem que foi levado desacordado até a Policlínica do bairro Ressaca. A família avisou a polícia sobre o crime e o suspeito foi detido no local.

A menina passará por exames para comprovar os abusos.

 


Suspeito de estuprar 24 mulheres em BH e na região metropolitana é preso

Postado em 23/11/2014 em 11:34 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

O “Maníaco das Passarelas” abordava as vítimas em travessias

 Foi preso um homem suspeito de violentar diversas mulheres em Belo Horizonte e Contagem, na região metropolitana. Cinco casos já foram comprovados. Ele abordava as vítimas em cima de passarelas.

Para os investigadores, Victor de Oliveira, de 44 anos, negou o crime. Mas, segundo a polícia, o homem é suspeito de abusar sexualmente de pelo menos 21 mulheres na Grande BH, e outras três, na capital mineira.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Laíse Rodrigues, Victor foi preso em flagrante por roubo e uma vítima, que esteve na delegacia, o reconheceu como estuprador.

Até o momento, 15 mulheres reconheceram o homem como o responsável pelos crimes. Através de um exame de DNA, cinco casos já foram confirmados.

 Victor ficou conhecido como o "Maníaco das Passarelas", pois abordava as vítimas em travessias, próximas de onde trabalhava. Segundo as investigações, ele aproveitava quando o local estava deserto e escolhia as mulheres de forma aleatória. Elas têm entre 14 e 62 anos.

O homem tem esposa e dois filhos. Ele teve outras duas prisões preventivas decretadas pela Justiça.

 


"Chorávamos, mas ninguém ouvia": mulher acusada de blasfêmia no Paquistão foi estuprada diante das filhas

Postado em 23/11/2014 em 11:33 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Mulher cristã foi condenada à forca por supostos comentários depreciativos sobre Maomé

 As duas filhas de Asia Bibi, a cristã condenada à forca no Paquistão, após ser acusada de fazer comentários depreciativos sobre o profeta Maomé, denunciaram que sofreram abusos e tortura de fanáticos religiosos.

Depois da apresentação da defesa de Asia, a família dela tem sido brutalmente espancada por vizinhos irritados e obrigada a se esconder por causa das constantes ameaças de morte.

Em entrevista ao Daily Mail, a filha mais nova, Esham Masih, disse que viu a mãe sendo abusada sexualmente por vários homens ao voltar da escola.

— Meus amigos me disseram que as pessoas estavam torturando minha mãe onde ela trabalhava. Corri para lá e vi ela sendo abusada e torturada por homens. Eles rasgaram as roupas dela.

 Esham correu para sua casa para pegar um vestido, mas quando chegou ao local onde a mãe estava, os homens já estavam abusando dela novamente. A menina conta que ouvia os homens falando coisas "horríveis" para a mãe.

Ela ainda tentou oferecer um pouco de água para Asia, mas um dos homens quebrou o vidro e não permitiu a ajuda. "Eles arrastaram minha mãe para o centro da cidade. Nós chorávamos, mas ninguém ouvia".

Asia pediu que Esham fosse atrás do pai, que estava escondido na casa de um tio. Ele, porém, estava com muito medo e não fez nada para defender a mulher.

O marido de Asia, Ashiq Masih, disse que sua outra filha, de 15 anos, também foi abusada pelos homens. "Todas aquelas pessoas que abusaram e torturaram minha mulher e filha me conheciam e não me respeitaram", disse.

Com vergonha, ele disse que sentiu muito medo, mas que achava que não poderia ter feito nada para salvá-la naquele dia.

Além disso, ele também falou que não pretende mais voltar para a aldeia onde morava, porque tem "muito medo de ser reconhecido como marido de Asia".

 


« Última Página :: Próxima Página »

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...