Criar um Blog-Sexy
Meu Blog-Sexy
Denunciar
Próximo Blog

Homem é acusado de planejar matar menina para comê-la na Inglaterra

Postado em 24/7/2014 em 08:08 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

O enfermeiro Dale Bolinger é acusado de planejar matar menina para comê-la na Inglaterra


Um homem de 57 anos é acusado de planejar matar uma adolescente de 14 anos com um machado para comê-la depois, segundo um julgamento em curso na Inglaterra.

Segundo a Promotoria, o enfermeiro Dale Bolinger usava uma comunidade online de "fetiches obscuros" para falar sobre a decapitação e o canibalismo de mulheres e meninas, como uma forma de satisfazer fantasias sexuais.

Ele foi preso pela polícia inglesa num esforço conjunto com o FBI, que rastreou um e-mail usado pelo acusado uma investigação em fóruns online sobre estupro, assassinato e canibalismo de mulheres.

O FBI teve acesso a registros de conversas travadas por Bolinger na comunidade online. Neles, Bolinger comentava, segundo a acusação, que teria decapitado uma adolescente de 14 anos, comido crianças diante de suas mães e matado e comido uma mulher grávida e seu feto.
'Carne de vitela'

Muitas destas conversas envolviam o ato de comer crianças, às quais ele se referia como uma "boa carne de vitela", segundo depoimentos dados no julgamento.

Ao vasculhar o celular e o computador do acusado, a polícia encontrou arquivos de fotos de crianças com os nomes "jantar; uma já foi, uma à espera", "o churrasco", "o churrasco2" e "o churrasco3".

Ele também vinha conversando com uma adolescente mexicana de 14 anos chamada Eva, que vivia na Alemanha.

Em uma das conversas, Bolinger propôs se encontrar com a garota em uma estação de trem e discutiu como faria sexo com ela antes e depois de sua morte.

"Ele disse que mataria ela com um machado ou uma machadinha e depois a comeria", disse o promotor Martin Yale.

Boelinger ainda teria dito que "a ideia de fazer amor e depois comê-la é muito excitante".

Mas Eva, que não foi identificada, nunca apareceu para o encontro, e Bolinger voltou para casa.

Em depoimentos, ele admitiu a posse das imagens encontradas em seu computador, mas nega que tenha tentado se encontrar com a adolescente depois de assediá-la sexualmente e diz que foi à estação de trem porque temia pela segurança da garota.

 

 

 


Funcionários da Disney presos por pedofilia

Postado em 23/7/2014 em 08:35 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Polícia já deteve 35 homens que trabalham em parques de Orlando. Eles são suspeitos de cometer abuso contra crianças ou de posse de pornografia infantil

Dezenas de agentes de segurança, guias turísticos, empregados em lojas de presentes, entre outros, que trabalham no paraíso turístico infantil, a Disney World, na Flórida, Estados Unidos, são suspeitos de abuso sexual contra menores de idade. Pelo menos 35 funcionários do complexo de parques de diversões já foram presos naquele país desde 2006, por envolvimento direto em casos de violência ou posse de material com pornografia infantil. O levantamento foi feito pela rede CNN.

Segundo a reportagem, 32 pessoas já foram condenadas pela Justiça. Além desses, também já foram presos cinco funcionários do parque Universal Studios e dois do SeaWorld, que não pertencem à Disney mas também são muito procurados na cidade de Orlando. Nenhuma das vítimas até o momento foi abordada enquanto visitava os parques.

O porta-voz da Disney, Jacquee Wahler, disse à CNN que trabalha para proporcionar um ambiente seguro para as crianças. “É uma responsabilidade que levamos muito a sério. Eu sempre verifico se existe um passado criminoso”, afirmou.

O xerife Grady Judd disse que os funcionários a serem admitidos para trabalhar nos parques devem passar por testes no detector de mentiras. A polícia informou que continuará as investigações, para proteger outras crianças de ‘predadores sexuais’.

As últimas prisões ocorreram em junho. Na primeira fase da investigação foram feitas as prisões relacionadas com posse de pornografia infantil. A maioria dos detidos tinha imagens de crianças entre 2 e 6 anos. A segunda fase foi em sites e redes sociais onde os adultos fizeram contato com menores. Policiais se passaram por crianças. Os suspeitos enviaram imagens pornográficas de si mesmos, e pediam para as supostas vítimas mandarem fotos nuas. Eles também marcavam encontros.

Gerente está sendo julgado

Robert Kingsolver, 50 anos, que trabalhava como gerente de serviços de reparos no parque Magic Kingdom, do complexo da Disney, foi um dos investigados. Ele foi contratado em fevereiro e está sendo julgado. Ele se declarou inocente da acusação de convidar uma criança de 14 anos para fazer sexo. “Meus filhos me conhecem e sabem o quanto eu me importo com as crianças. Eles sabem que seu pai não é alguém que vai sair e ferir um menor de idade”, afirmou Kingsolver.


Reino Unido prende 660 suspeitos de pedofilia após operação que durou seis meses

Postado em 22/7/2014 em 08:35 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Responsáveis por crimes sexuais são professores, médicos e até ex-policiais


Forças policiais em toda a Grã-Bretanha prenderam 660 suspeitos de pedofilia após uma operação secreta de seis meses para encontrar pessoas que acessavam imagens indecentes de crianças on-line, segundo um relatório da Agência Nacional de Crimes da Grã-Bretanha (NCA), desta quarta-feira.

Médicos, professores, líderes de grupos de escoteiros e ex-policiais estavam entre os detidos na ação, que envolveu 45 policiais de todo o Reino Unido. A NCA disse que mais de 400 crianças foram “salvas” graças à operação.

"Esta é a primeira vez que o Reino Unido teve a capacidade de coordenar uma única operação dessa natureza”, disse o diretor-geral adjunto da NCA, Phil Gormley, em um comunicado. “Algumas das pessoas que começam acessando imagens indecentes na internet passam a abusar de crianças diretamente. Assim, a operação não atinge apenas pessoas que já tenham abusado, ela trata de influenciar potenciais infratores antes que cruzem a linha”.

Das 660 pessoas presas, 39 eram criminosos sexuais registrados, o que significa que eles já tinham uma condenação por um crime sexual. No entanto, a maioria — da qual alguns tinham acesso não supervisionado a crianças — ainda eram desconhecidos para as autoridades. A NCA, o equivalente ao FBI americano, começou a operação em outubro passado com o objetivo de melhor coordenar a ação da polícia em questões como o abuso sexual de crianças e o crime organizado.

Um dos presos seria um médico que alegadamente mantinha mais de 1 milhão de imagens de abusos de crianças em seu computador e que já havia organizado encontros com meninos.

Em outro caso, um pai adotivo sem antecedentes de abuso na sua ficha criminal foi preso enquanto tinha sob os seus cuidados uma criança. Quatro computadores e um telefone foram apreendidos pela polícia em sua casa e as autoridades afirmam que o suspeito tentou se ferir após a prisão

Outro suspeito admitiu em interrogatório com as autoridades que assiste imagens de abusos de crianças há três décadas, desde que tinha 16 anos. O homem também disse que já viajou para o Vietnã e Tailândia com "objetivos sexuais".

A Reino Unido tem sido abalado por revelações de que algumas de suas celebridades mais conhecidas da década de 1970 e 1980 estiveram envolvidos em crimes de abuso sexual de crianças. O entertainer Rolf Harris foi preso este mês por abusar repetidamente de jovens. Em 2012, a polícia revelou que o falecido apresentador Jimmy Savile, da BBC, tinha sido um abusador de crianças.

As revelações levaram a uma enxurrada de acusações de pessoas que dizem que foram abusadas ​​sexualmente quando crianças. Após uma série de denúncias de que o establishment político acobertava o abuso de crianças por uma série de políticos conhecidos na década de 1980, o governo do primeiro-ministro David Cameron lançou um inquérito, na semana passada, para saber se as instituições públicas falharam na proteção de crianças contra o abuso sexual.

No entanto, a NCA disse que a operação ainda não pode detalhar o número de criminosos acusados, já que as investigações continuam. Mas os acusados fichados por crimes que vão desde a posse de imagens indecentes de crianças até agressão sexual grave.

“A grande maioria das forças da Inglaterra e do País de Gales está lidando com um aumento sem precedentes no número de denúncias de abuso sexual de crianças”, disse o chefe de polícia Simon Bailey, que coordena investigações e abusos de crianças.

Chefe do departamento de investigação de crimes organizados para o Crown Prosecution Service (CPS), Greg McGill afirmou que o trabalho das autoridades para inibir esse tipo de crime continuam:

"Esses crimes abomináveis só contribuem para o ciclo de danos sofridos pelas vítimas nesses casos. Especialistas do CPS continuam a trabalhar com a NCA e outras agências relevantes para lutar contra a exploração e o abuso sexual infantil", afirmou em comunicado.
 


Militar da Marinha é preso ao sair de motel com menina de 11 anos

Postado em 22/7/2014 em 08:35 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Caso aconteceu em Corumbá; homem de 69 anos era foragido da Justiça



Um suboficial da reserva da Marinha, de 69 anos, foi preso em flagrante em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, suspeito de estupro de vulnerável.

Em nota, a Marinha disse que o militar aposentado vai ficar preso no 6º Distrito Naval de Ladário a disposição da Justiça comum.

Ele foi flagrado na terça-feira (27) saindo de um motel com uma menina de 11 anos. Uma equipe da Polícia Militar chegou até ele após denúncia anônima.

O flagrante foi em um motel na periferia da cidade. Segundo o comandante do Batalhão de Polícia Militar, Joilson Santana, o veículo saiu e foi abordado e foi constatado que havia uma menor com o cidadão", explicou.

Segundo a delegada responsável pelas investigações, Ana Paula Trindade, o suboficial é vizinho da menina e abordou a vítima em frente a escola. "Ele foi acompanhar ela e o afilhado dele na escola. Dali ele mandou ela esperar em outro lugar, onde buscou ela e levou para o motel", informou Ana Paula.

Depois do flagrante, a Delegacia da Infância e Juventude descobriu que o suspeito já foi condenado por atentado violento ao pudor e estava foragido da justiça há 11 anos. A Delegacia da Infância e Juventude tem dez dias para concluir as investigações.

 


Criança de 9 anos com condição extremamente rara não sente dores e por isso nunca chorou em sua vida

Postado em 21/7/2014 em 09:49 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Alice Rambridge nunca chorou em sua vida por conta de condição rara no cérebro que a impede de sentir dores.

Alice Rambridge é uma criança de 9 anos que sofre de uma condição rara que significa que os dois lados de seu cérebro não estão conectados como deveriam. Chamada de agenesia do corpo caloso (ACC), a desordem significa que mesmo quando Alice toca em chamas de fogo não sente dor.

A condição da criança é tão rara que apenas cerca de 50 casos foram registrados em todo o mundo até hoje. A menina é incapaz de descrever a dor - e nunca chorou - apesar resfriados, catapora, amigdalite e outras ocasiões onde uma criança naturalmente choraria.

Sua mãe Lindsay, de 37 anos, disse que Alice cai e se machuca, mas nunca chora. Ela nunca chorou, nem uma vez - e eu comecei a me perguntar se ela tinha algum canal lacrimal.Quando

ela fica doente e é internada no hospital, eu posso ver que está confusa, porque ela não pode sentir que algo está errado."

"Certa vez ela colocou o dedo no fogão quente -, mas continuou brincando como se nada tivesse acontecido, enquanto eu corria para tentar obter água para melhorar a queimadura. Outra vez sua testa ficou verde com contusões -, mas ela não sentiu dor alguma.”

Alice foi diagnosticada com ACC quando tinha 19 meses de idade. A condição é definida como ausência completa ou parcial do corpo caloso - a estrutura que liga os dois hemisférios do cérebro. A condição ocorre quando as fibras nervosas que compõem o corpo caloso não se formam - ou seja, os sinais não podem ser passados para trás e para a frente entre os hemisférios do cérebro.

A desordem cromossômica genética rara também provoca o subdesenvolvimento em partes do cérebro, por isso Alice se esforça para compreender os sinais sociais. Rambridge, de Preston, Lancashire, acrescentou: "Eu sempre tenho que ter certeza de que Alice está em um espaço seguro para que ela não possa ferir a si mesma. Nos últimos dois anos eu comecei a preocupar-me mais porque ela está ficando mais velha e agora eu não sei o que o futuro reserva. Mas é difícil ficar chateada, já que Alice está sempre sorrindo para mim.”

Alice também sofre de epilepsia, atraso no desenvolvimento global, problemas de deglutição, dificuldades sensoriais, eczema, baixo tônus muscular e sistema imunológico enfraquecido - o que faz com que ela muitas vezes adoeça.

Agora a mãe tenta angariar fundos para comprar uma cama especial para Alice.
 


Homem estupra mulher na frente da filha dela em Caxias

Postado em 21/7/2014 em 09:43 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Ele admitiu que, após ter certeza de que o marido da vítima já tinha saído para trabalhar, invadiu a casa da família


Policiais da 59ª DP (Duque de Caxias) prenderam em flagrante, na manhã desta segunda-feira, um homem acusado de estuprar uma mulher no bairro Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com a investigação, o crime ocorreu na frente da filha da vítima, uma criança de quatro anos.

O indiciado admitiu que, por volta das 8 horas, após ter certeza de que o marido da vítima já tinha saído para trabalhar, invadiu a residência da família pela casa do vizinho. Além do estupro, a mulher foi constrangida e ameaçada de morte.

O criminoso já é réu em uma ação referente a roubo, além de ser autor em diversos registros de ocorrência na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Duque de Caxias.
 


Menina de 13 anos se mata depois de sua mãe a proibir de acessar o Facebook

Postado em 20/7/2014 em 04:28 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Aditi Gupta, de 13 anos, ficou tão chateado por sua mãe, Mohana, a repreender por passar muito tempo usando o Facebook, que acabou.

Uma adolescente se enforcou depois que sua mãe exigiu que ela parasse de usar o Facebook. Aditi Gupta, de 13 anos, estava tão chateado por sua mãe, Mohana, a repreender por passar muito tempo usando a rede social que acabou se suicidando em seu quarto.

Mohana, de 36 anos, disse à filha antes de sair para o trabalho: "Eu quero que acabe com sua conta no Facebook antes que eu volte para casa”. Ela voltou para o almoço quatro horas mais tarde, e encontrou a filha morta.

Ela disse à polícia que não podia acreditar que sua filha iria acabar com a própria vida por conta de “algo tão trivial”. "Quando eu estava prestes a sair, minha filha estava sentada na frente do computador. Eu fiquei com raiva porque ela estava passando muito tempo na rede social. Eu disse que ela era muito jovem para estar no Facebook, e estava perdendo seu tempo", relatou a mãe.
 


Homem que estuprou menina de 15 anos é apedrejado até a morte na Cidade do Cabo

Postado em 20/7/2014 em 04:28 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Moradores espancaram rapaz com chicotes pesados e pedras próximo da casa da adolescente.

Um morador de uma favela da Cidade do Cabo foi chicoteado e apedrejado até a morte depois de ter sido acusado de estuprar uma menina de 15 anos de idade. Uma multidão do município de Crossroads arrastou o homem de 32 anos até poucos metros da casa da vítima para espancá-lo.

O rapaz levou chicotadas pesadas antes de ser apedrejado. O corpo permaneceu no local por 5 horas até que os paramédicos chegassem para levá-lo. A adolescente que foi estuprada disse que o homem usou uma faca ameaçando-a.

No dia seguinte ao da agressão, um grupo de moradores identificou o suposto estuprador em um bar, e o arrastou para a rua para acabar com a vida dele. A polícia levou a menina juntamente com a família para um local seguro, evitando que eles fossem atacados pela gangue da qual o rapaz fazia parte. Até o momento ninguém foi preso.
 


Pedófilo leva menina de 13 para motel depois de conhecê-la em bate-papo

Postado em 19/7/2014 em 05:00 - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Ele foi considerado culpado também por produzir filmagens de seu ato com a criança.



Um homem de 27 anos de idade foi preso por 17 anos depois de filmar a si mesmo tendo relações íntimas com uma menina de 13 anos, de Maine, depois que a conheceu em uma sala de chat com tema de Harry Potter.

Nicholas Cheese foi considerado culpado de abusar da menina durante três dias, em um quarto de motel em Bangor, Maine, em junho do ano passado. O juiz condenou o empresário por submeter a criança à experiências adultas.

Cheese tinha amizade com a vítima, depois de a conhecer em uma sala de bate-papo na internet. A sala online era frequentada por fãs dos livros infantis de Harry Potter.

O homem marcou um encontro com a garota em um quarto de motel. Ele foi considerado culpado também por produzir filmagens de seu ato com a criança.

A vítima não compareceu ao tribunal, mas seu pai falou em seu nome. Segundo ele, a filha disse estar muito chateada com tudo que aconteceu, já que além de tudo perdeu um amigo. Embora a relação íntima fosse considerada consensual entre os dois, a vítima, de apenas 13 anos de idade, não poderia responder por seus atos.
 


Polícia detém suspeito de abusar de menina de quatro anos em Marechal

Postado em 19/7/2014 em 04:59 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Fato aconteceu na localidade Baixa da Sapa, onde tanto o suspeito como a menina residem



Um homem de 45 anos, suspeito de abusar de uma menina de 4 anos, foi preso por agentes da delegacia distrital de Marechal Deodoro, comandados pelo delegado Jobson Cabral.

José Cícero Vieira da Silva foi flagrado pela população no momento em que tentava introduzir o pênis na boca da criança, bem próximo à casa da vítima.

O fato aconteceu na localidade Baixa da Sapa, onde tanto o suspeito como a menina residem.

Revoltados, os vizinhos iniciaram um linchamento, mas a delegacia foi avisada e os policiais civis evitaram que a população acabassem possivelmente até matando o acusado.

José Cícero foi levado para a unidade policial de Marechal, onde responderá a inquérito pelo ato praticado contra a menina.

 


Menina de quatro anos ajuda polícia a desvendar assalto e prender babá

Postado em 19/7/2014 em 04:59 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Ao conversarem com criança, os policiais descobriram que os assaltantes não se encaixavam na descrição física dada pela babá



A polícia de Ferndale, no Estado de Washington (EUA), contou com a ajuda de uma garotinha de 4 anos para desvendar um assalto e, de quebra, prendar a babá dela como principal suspeita.

Dois homens armados invadiram a casa onde Abby era cuidada pela babá, uma adolescente de 17 anos que não teve o nome revelado, na última quarta-feira (18). Após anunciar o assalto, eles as trancaram fora da casa e roubaram consoles de videogames, notebooks, um iPod e até mesmo o cofre de porquinho da menina.

À polícia, a babá adolescente disse que os suspeitos do roubo eram duas pessoas negras. Ela chegou a acusar um dos vizinhos da casa, que é negro, como sendo um dos assaltantes.

Porém, ao conversarem com Abby, os policiais descobriram que os assaltantes não se encaixam na descrição física dada pela babá. "Eles tinham a pele branca", disse a menina.

Ao confrontar a babá, a adolescente confessou a participação no roubo. Ela, o namorado de 16 anos e o segundo suspeito, Ruben Benjamin, 18, foram detidos e serão indiciados por roubo.

Abby ficou feliz de ajudar a polícia. "Eles [a polícia] conseguiram pegá-los porque eu sou uma super-heroína." Mas ela não gostou nada da situação pela qual passou. "Quarta-feira foi o pior dia da minha vida", disse à rede "Q13Fox".
 


Menina de nove anos escreve livro para tentar arrecadar US$ 1 milhão e ajudar o irmão doente

Postado em 19/7/2014 em 04:59 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

A fim de arrecadar US$ 1 milhão para o tratamento de combate à rara doença do irmão, a menina Mackenzie de 9 anos de idade escreveu um livro de ficção com personagens baseados em sua família.

A história da pequena escritora começa em Cape Coral, uma cidade praiana da Flórida, Estados Unidos, quando os pais Brandi e Jeff começaram a notar que o caçula Gavin, de um ano e meio, não conseguia mais se alimentar, brincar ou segurar objetos sem tremer. O garoto ainda vinha sofrendo com frequentes convulsões.

Brandi e o garoto viajaram de cidade em cidade tentando encontrar um diagnóstico para a doença do menino, enquanto Jeff e Mackenzie esperavam em casa por notícias. Quando as notícias vieram, não eram nada boas. Descobriram que Gavin tem um tipo raríssimo de distúrbio, chamado também de doença mitocondrial ou “Mito”. Segundo o site Estilo, “Esse mal deteriora as células, causando fraqueza muscular, doenças no coração e fígado, além de prejudicar o crescimento e acarretar uma série de outras doenças gravíssimas – já que o corpo torna-se incapaz de combater infecções”.

Os gastos com exame e tratamento foram tantos que a família já estava entrando num tipo de crise, passando por dificuldades ao pagar a hipoteca da casa, alimentação e os produtos médicos para o garoto.

Quando Mackenzie compreendeu a gravidade do problema, decidiu fazer algo sobre isso. Sua ideia: Escrever um livro.

A obra se chama “Mighty Mito Superhero” ou “O Poderoso Super-Herói Mito”. O enredo conta a história do super herói Mito Action G (inspirado em Gavin), que tem o poder de curar crianças que sofrem de convulsão. O arui-inimigo do super-herói é o terrível vilão chamado Mito.

A menina de 9 anos fez suas próprias pesquisas sobre a doença para escrever o livro e ainda incluiu na obra fotos de sua família no decorrer dos anos, mostrando “como ajudou Gavin durante esse tempo”.

No período de uma semana US$ 20 mil foram arrecadados com a venda de 500 exemplares. O objetivo é conseguir US$ 1 milhão que será destinado, parte para o tratamento de Gavin, parte para as pesquisas sobre doenças mitocondriais.

A garota disse ainda que: “Isso faz com que eu me sinta muito bem porque eu sei que, mesmo que Gavin não se sinta bem, eu posso ajudá-lo de alguma forma”. [Estilo]

Para saber mais sobre as vendas e sobre a família Lawrey, basta acessar a página “Gavin Lawrey, The Mighty Mito Superhero” no Facebook.

Não imagino outra forma de concluir esta matéria de outra forma, que não afirmando que, talvez, a história do livro não seja mesmo de “ficção”. Pois, é por meio de iniciativas como a da garota Mackenzie e de muitas outras pessoas que passam por situações semelhantes, que podemos reconhecer que os “Super-Heróis” realmente estão entre nós.

 


6 coisas sobre a chupeta que você precisa saber

Postado em 18/7/2014 em 11:25 - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Prejudica o aleitamento e a dentição? Até quando a criança pode usar? Encontre aqui essas e outras respostas para suas maiores dúvidas sobre o assunto


O assunto é sempre polêmico. A maioria dos pediatras condena o uso da chupeta, mas algumas mães alegam que o acessório tem lá suas vantagens, desde que usada com moderação. Antes de você (com a orientação do pediatra) decidir se o seu filho vai ou não usá-la, melhor ficar por dentro do assunto. A seguir, seis coisas que toda mãe tem de saber.

1 - Atrapalha a amamentação? 
Vários estudos indicam que sim. Tanto é que a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) recomendam oficialmente a não utilização de bicos e chupetas desde o nascimento. A musculatura e a posição da língua que o bebê usa para sugar a chupeta é diferente da usada para mamar, o que confunde a criança. Quem apesar disso decidir oferecer a chupeta ao bebê só deve fazê-lo quando a amamentação estiver estabilizada, depois de três ou quatro semanas de vida da criança.

2 – Prejudica a dentição? 
Se a sua preocupação é que os dentinhos do seu filho fiquem tortos, há indícios de que, se a criança largar o acessório até os 2 anos, eles voltariam ao normal. No entanto, há outros problemas. O uso da chupeta pode favorecer alterações na respiração, na postura corporal, na fala e na mastigação. Se for usar, sempre opte pelos tipos ortodônticos.

3 – Até que idade meu filho pode usá-la? 
Ela deve ser retirada a partir de 1 ano de idade e, no máximo, até os 2. A chupeta tem de ser usada com moderação. Ou seja, não dá para a criança ficar o dia inteiro com ela na boca. Assim, o uso deve ser limitado apenas para dormir, já que a criança tende a cuspi-la depois, e em alguns casos específicos. Por exemplo, no avião, para proteger o ouvido durante a subida e a descida da aeronave, após a vacinação e quando a criança estiver chorando muito. Mas, nesses casos, o efeito é o mesmo do que dar o peito.

4 – O que é pior, chupeta ou dedo? 
O dedo é pior, pois será mais difícil a criança abandonar o hábito. O bebê não pega a chupeta sozinho, mas pode colocar o dedo na boca mesmo dormindo.

5 – A chupeta alivia a cólica do bebê? 
Em um primeiro momento, pode ser que sim, porque acalma (ou mesmo distrai) a criança. Mas, por outro lado, a criança pode engolir ar – e isso só piora a cólica. 





6 - Que cuidados devo tomar com a higiene? 
A chupeta deve ser lavada com água corrente toda vez que cair no chão e, de preferência, esterilizada diariamente. E ser trocada a cada dois meses.


Mais de 2.000 Posts !!

Postado em 18/7/2014 em 11:19 - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Mais uma marca alcançada! Obrigado a todos!

 

We are... We are... LoliLovers! õ/

 Lembra do post número 1.000?

 


Menina é apedrejada até a morte na Síria por ter conta no Facebook

Postado em 18/7/2014 em 08:46 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Garota foi condenada em tribunal após ser flagrada usando a rede social.

Uma menina síria foi apedrejada até a morte por conta de um motivo impensável nos tempos atuais. Segundo informações, o fato de ela ter criado uma conta no Facebook foi o motivo que causou sua morte.

Fatoum Al-Jassem foi condenada por um tribunal sob alegação de comportamento imoral. Ela foi levada ao tribunal por militantes do Estado Islâmico do Iraque e da Síria depois de ter sigo flagrada usando a rede social.

O tribunal decidiu que ela deveria ser punida da mesma forma que se pune pessoas condenadas por adultério. Ela acabou apedrejada até a morte.
 


Minha Menina Mulher

Postado em 18/7/2014 em 08:45 arquivado em contos - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

O beijo talvez seja a mais poderosa ferramenta de prazer, não só pela diversidade que sensações que podemos criar com a boca, mas também por sua capacidade de estimular pensamentos eróticos. Cada um tem seu tipo de beijo. O beijos do elemento fogo, Espontâneo e com sabor de aventura. Sagitarianos são exagerados e a vida acontece em superlativo assim como o seu beijo.

O beijo Galáctico é aquilo que provamos quando estamos apaixonados. O amor mostra ao homem como é que ele deveria ser sempre. Quando estamos apaixonados, o nosso coração arde em chamas, seu nome o minha menina, facilmente proclamo, e o meu dia dura como semanas. Dela, e querer poder senti-la ti amar é o meu prazer.

As vezes ansiedade me mata,o ontem não voltará mais, mas o presente me deixa em paz, sei que podemos muda o nosso futur. Isto basta. O que seria do poeta sem suas poesias, o que seria da luxuria sem seus amantes. Sem do fogo sem a paixão.

Tenta viver sem você minha menina é contínua até vertigem apaixonada; só os apaixonados levam a cabo obras, verdadeiramente duradouras e fecundas. Os bons conselhos me desagradam.  Quando estamos juntos falaremos só de nos mesmo.

O que sinto? é amor, é paixão, é tesão é difícil. Talvez seja assustador para os medrosos. Avassalador para os apaixonados! Pobre coração.

Não esqueço AQUELE BEIJO. Beijos Quentes, Cheios de intenções, Desejos, paixões. Entreguei-me àquele momento Com a esperança que durasse para sempre. Seria uma garantia, uma certeza, Que nunca terminariam, até pode-la em ter-la em meus braços lhe chamado á MINHA MENINA, MINHA MULHER, MINHA DEUSA, SOU TEU ESCRAVO TU, SÓ TU ES MINHA.

Aquele beijo foi assim, Mais um instante paradisíaco. Ainda penso naquele beijo. Beijos que me enfeitiçou, Entorpeceu meu corpo, Embebiam-me de prazer.

Teus lábios dever ser doces e, ao mesmo tempo, cheios de desejo.Transmite sentimentos tão fortes e profundos. Teus lábios ao me tocar revelam aquilo que o coração teima em esconder, mas nunca consegue. Teu olhar, o mais intenso de todos os olhares. Tu fazes-me viver, tu és Fogo e luz no meu coração, e em Saber que tu existes, é o que mantém vivo!

Meus lábios estão com sede quero seus beijos, quero beijá-la loucamente. Teus lábios me querem?

Meu olhar te pede: Vem cá!!! vem me amar.

Quero deslizar em seu corpo de sentir a minha pele arrepiando-se aos poucos. Olha nossas almas uma única forma na palma de nossa mãos Vem cá!!! vem me amar.

Minha Menina Mulher


Menina de 16 anos é a nova sensação do surfe profissional

Postado em 18/7/2014 em 08:40 - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

A menina se chama Tia Blanco, tem 16 anos, e já é uma das sensações do surf feminino. Nascida em Porto Rico, se mudou para o Havaí quando criança e foi lá que aprendeu a surfar e adquiriu sua grande paixão pelo mar.

Não se deixe enganar por sua beleza exótica, Tia surfa muito e mesmo com 16 anos, já é a surfista profissional mais jovem da Califórnia (San Clemente), lugar que mora hoje em dia.

Seu enorme talento e seu surfe competitivo, faz dela, a surfista mais jovem a entrar na Seleção America e ser certificada pela National Scholastic Surfing Association (NSSA). Sua personalidade aventureira, sua paixão por competir e seu estilo de vida saudável, fizeram dela a nova embaixadora da marca Reef.

Sua metas são muito claras: “Viajar pelo mundo em busca de ondas, ganhar seu primeiro Pro Junior, e no futuro competir com as melhores no ASP Women’s World Tour”.

 


Menina de 4 anos está recebendo tratamento psiquiátrico por vício em iPad

Postado em 17/7/2014 em 08:31 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

A relação das crianças com a tecnologia pode ser muito enriquecedora, mas também prejudicial para sua saúde. Uma menina de 4 anos de idade está recebendo tratamento psiquiátrico para se livrar de seu vício em iPad e, assim como outras crianças, ela está apresentando transtornos compulsivos por começar a usar tablets precocemente — a menina é considerada a mais nova viciada em tecnologia da Grã-Bretanha.

Os médicos que cuidam do caso afirmam que a menina está tão viciada nos jogos presentes no iPad de seus pais que sofre de crises de abstinência quando lhe é tirado o aparelho. A notícia surge alguns após uma nova pesquisa provar que metade dos pais permite que seus filhos pequenos usem seus smartphones e tablets, e, em muitos casos, por quatro ou mais horas consecutivas.

O psiquiatra da menina, Dr. Richard Graham, da Capio Nightingale Clinic em Londres, Inglaterra, afirmou que devem existir muitos casos de vício em eletrônicos, como o da pequena britânica. Ele recomendou aos pais que buscassem ajuda o quanto antes para evitar que os problemas se agravassem. Para ter uma ideia, a clínica do Dr. Richard arrecada cerca de R$ 49 mil ao mês com seu programa de "desintoxicação de eletrônicos", realizando tratamentos psiquiátricos com pessoas que chegam a ficar 36 horas online e até manter 20 perfis distintos no Facebook.

"Não deixe seu iPad por aí, porque se você fizer isso, as crianças irão ver todas as suas lindas cores e também irão querer usá-lo. Elas não têm capacidade para lidar com isso e podem ficar viciadas, reagindo com birras e comportamentos incontroláveis, quando os eletrônicos lhes são afastados", explicou o médico.

Especialistas afirmam que os tablets e smartphones se tornaram os novos brinquedos de bebês e crianças e, por isso, os pais devem estar atentos.
 


Escola dos EUA ameaça expulsar menina com cabelo crespo e armado

Postado em 17/7/2014 em 08:17 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

Usarei um padrão que costumava usar há certo tempo, a fim de economizar tempo pela correria do momento.

Uma menina de 12 anos foi ameaçada de expulsão pela escola particular onde estuda na Flórida, nos Estados Unidos, caso não cortasse e mudasse o estilo de seu cabelo. Vanessa VanDyke tem os cabelos crespos e com volume, e segundo sua família, recebeu o prazo de uma semana para decidir se iria cortar os fios ou deixar a escola, de acordo com a emissora de TV “WKMG”.

O caso gerou muita repercussão nos EUA, e a escola Faith Christian Academy de Orlando disse nesta semana que não está exigindo que a menina corte os cabelos para continuar frequentando o estabelecimento – eles “apenas” querem que ela mude seu estilo.

De acordo com a família de Vanessa Van Dyke, na última semana um conselheiro da escola advertiu a mãe da menina para que ela alisasse ou cortasse seu cabelo – ou a criança poderia ser expulsa.

A família não cogitou fazer as mudanças, pois o cabelo da menina faz parte de sua identidade. “Ele mostra que sou única. Eu gosto desta maneira. Eu sei que as pessoas vão me provocar porque ele não é liso, mas eu não ligo”, contou Vanessa.

A escola onde Vanessa estuda tem códigos de vestimentas e regras sobre como os alunos podem usar seus cabelos. “Os cabelos devem estar na cor natural e não devem ser uma distração”, dizem as regras, que citam como exemplos que não podem ser utilizados moicanos e raspados. [..] Vanessa contou que usa seu cabelo longo e armado desde o início do ano, mas ele se tornou uma questão para a escola depois que sua família reclamou das provocações feitas pelas outras crianças.

“Houve pessoas que a provocaram por seu cabelo, e me parece que estão culpando-a por isso”, disse Sabrina. “Vou lutar pela minha filha. Se ela quer usar o cabelo assim, ela vai mantê-lo assim. Há pessoas que podem pensar que usar o cabelo natural não é apropriado. Mas ela é bonita assim.”

Responsáveis pela escola disseram em um comunicado que não estão pedindo que a menina use produtos ou corte seu cabelo, mas que ela o modele de acordo com as regras da escola.

Lida a notícia, Um ponto em específico merece atenção: o fato da escola ter normas quanto ao uso de roupas e cabelos, proibindo moicanos e cortes diferenciados. Ou seja, alguém pode argumentar “mas a mãe sabia disso quando matriculou a filha!” e sim, provavelmente sabia.

Para mim, porém, não tem importância alguma, estamos falando de bom senso, de aceitação a diversidade e a escola deveria ser a principal motivadora da aceitação e inclusão de qualquer tipo de diferença. E vejam bem, não estamos falando de um caso grave, de alguma criança que possui dificuldade ou certa deficiência, estamos falando de um cabelo natural (!)

Se a escola não consegue lidar com isso, com o que conseguirá?

Ah, sim, preparar os alunos pro SAT (“vestibular” norte-americano), entretanto, muito mais difícil do que isso é preparar para a vida – e fujo aqui de poesia barata, sentimentalismo etc. Existem escolas tão preocupadas com a aprovação em uma entidade, que não se preocupam com as próprias desaprovações entre alunos e no que isso pode acarretar.

Não deveria ser ela a ameaçada a expulsão (ou, como diz a escola, a “solicitada”), mas sim os alunos que debocham/incomodam a menina por causa de seu cabelo – que é absolutamente lindo, por sinal. Conviver com as diferenças não significa apenas sentar na mesma classe que um negro, ou beber uma cerveja com um gay, a aceitação vai muito além disso.

E não aceitar algo natural dessa menina, não é apenas uma forma de preconceito, mas, de crueldade.


Menina trancada em casa passava fome e sede

Postado em 17/7/2014 em 08:17 arquivado em aconteceu de verdade - 0 Comentários - Incluir Comentário - Link

A polícia resgatou, neste domingo (13), uma menina de dez anos presa dentro de casa, no Paranoá (DF). A mãe da menina havia saído de casa dois dias antes e deixado geladeira e armários com alimentos trancados. Com fome e sede a criança resolveu gritar, pedindo ajuda aos moradores vizinhos. Depois de ser resgatada pela PM a criança foi levada para a delegacia do Paranoá.


« Última Página :: Próxima Página »

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...